Entenda a importância do método Canguru para bebês prematuros

Já falamos sobre a importância do contato pele a pele, agora é a vez do Método Canguru. Ele é um tipo de assistência neonatal que estimula o desenvolvimento e ajuda na recuperação de bebês prematuros. Esse método se inicia no pré-natal, quando há chances do bebê nascer prematuro, com baixo peso ou em casos de gravidez de alto risco.

O Método Canguru propõe o contato pele a pele entre a mãe ou o pai e o bebê. Esse contato é feito de forma gradual e progressiva, fortalecendo o vínculo afetivo entre pais e recém-nascido, além de auxiliar no desenvolvimento dele.

A mudança súbita que o prematuro sofre, de sair da barriga da mãe e ser transferidos para uma incubadora, longe da voz e carinhos acolhedores dela é um processo nada positivo para o desenvolvimento do bebê. O Método Canguru torna esse momento mais aconchegante para mãe e filho por proporcionar a possibilidade desse afeto, o que fortalece ainda mais o vínculo entre eles.

Com o método, é possível proporcionar ao bebê sensação de segurança e conforto, já para os pais, confiança no manuseio do seu filho. A relação de ambos é ampliada e é extremamente importante para o desenvolvimento completo do bebê que nasceu antes do momento certo.

O processo

Como já dito anteriormente, o Método Canguru acontece de forma progressiva. Inicialmente, os pais tocam seu filho por algum tempo, para só depois colocá-lo na posição canguru.

Essa posição consiste em manter o prematuro na vertical contra o peito do pai ou da mãe, de modo que suas peles fiquem em contato. A escolha do tempo e frequência desse contato é decidida entre a família e a equipe médica.

Na posição canguru, as vias aéreas do bebê são mantidas livres, evitando qualquer tipo de sufocamento, ocorre a diminuição do risco de apneia (parada respiratória durante o sono), o recém-nascido tem menos refluxo, a sua temperatura corporal se mantém adequada graças a troca de calor que ocorre com o contato pele a pele e o seu desenvolvimento neurológico é melhor, principalmente pelo fortalecimento dos laços afetivos entre mãe e bebê.

Nos últimos anos, foram feitas várias pesquisas científicas sobre o tema que comprovam as vantagens desse método para os recém-nascidos prematuros. Um dos mais recentes foi o estudo coordenado pela enfermeira Susan Ludington Hoe, da Escola de Enfermaria Frances Payne Bolton, da Universidade Case Western Reserve, nos Estados Unidos. Com a pesquisa foi possível reafirmar que o Método Canguru promove sim o crescimento e o desenvolvimento motor e cognitivo dos bebês prematuros e que esses benefícios se estendem até os 16 anos.

Outros benefícios do Método Canguru:

  • Diminui o tempo de internação do bebê;
  • Aumento do aleitamento materno;
  • Diminuição do choro;
  • Diminuição do aparecimento de infecções hospitalares;
  • Controle e alívio da dor;

Diminui o tempo de separação entre mãe e bebê.

Gostou? Compartilhe em suas redes

Busca no blog
Busque sobre uma postagem ou assunto.

Nuvem de Tags

Outras notícias

A Maternidade do Vitória Apart Hospital  oferece à gestante uma estrutura completa para atendimento e atenção no processo do nascimento.